Terapia Acupuntura Japonesa

A Acupuntura Japonesa, considerada um dos sistemas mais refinados de tratamento de saúde do mundo, foi desenvolvida há mais de mil anos, por terapeutas e grandes mestres do leste asiático.

Inspirada na tradição chinesa, a técnica foi lapidada pela sensibilidade de terapeutas japoneses, muitos deles com deficiência visual, que utilizaram a percepção táctil para aprimorar as formas de diagnóstico e tornar os métodos de inserção das agulhas indolores. Difundida por todos os continentes, a Acupuntura Japonesa promove a recuperação do organismo de forma quase que imediata, pois remove os bloqueios energéticos, gerando assim a restauração do fluxo vital do corpo.

Na visão da medicina oriental, as energias bloqueadas são as responsáveis pelo surgimento de patologias diversas, que vão desde dores às doenças autoimunes e/ou degenerativas. Através da Acupuntura Japonesa é possível identificar de forma eficaz os padrões de desequilíbrio do indivíduo, com técnicas de diagnóstico específicas, que se diferem das aplicadas pelos chineses.

No sistema japonês, a diagnose é realizada com a palpação na região do hara (abdome) e a pulsologia das seis posições na artéria radial, métodos que facilitam a localização precisa das áreas bloqueadas e dos pontos ativos, que devem ser tratados para o restabelecimento da saúde. Além de mais precisão no diagnóstico e metodologia própria, a Acupuntura Japonesa revoluciona ao permitir a realização de aplicações indolores, em razão do uso reduzido de agulhas e mínima perfuração de pontos na pele.

Por tal, a técnica japonesa tem sido bastante indicada para quem tem fobia de agulhas e para crianças. Durante o tratamento, o terapeuta utiliza agulhas finíssimas, que podem ser inseridas na pele ou aplicadas com toques suaves, de forma não invasiva, nos pontos referentes aos meridianos. Há também a possibilidade do uso de outros métodos terapêuticos como: magneto, moxaterapia, agulha de contato (de ouro ou prata) e fios Ion Pumping. Com as diferenciações no diagnóstico, aplicações das agulhas e a inclusão de novos instrumentos terapêuticos, a Acupuntura Japonesa passou a registrar resultados mais rápidos e efetivos, tornando-se um tratamento difundido não apenas por seu caráter inovador, mas, sobretudo, pela sua eficácia comprovada no dia a dia do acupunturista que a pratica.

MÉTODOS

Mubun Dashin

Diagnóstico da Pulsologia e Abdômen

Moxaterapia e KINSEIKYU

Técnicas de agulha de contato

Moxaterapia Ontake

Vibracional

Agulhamento Indolor

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Kangendo a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.